sábado, 4 de agosto de 2018

MPCE pede recolhimento de armas entregues pelo Governo do Estado por conta de possíveis falhas.


O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), na última terça-feira, 31, acrescentou a um pedido de liminar uma solicitação à Justiça para o imediato recolhimento das armas distribuidas pelo Governo do Estado do Ceará aos policiais civis. De acordo com o promotor de Justiça Ricardo Rocha, é comprovado o perigo das arma adquiridas.

O promotor argumenta que no site da fabricante existe um alerta para o risco de disparo acidental em caso de quedas. Atualmente, a arma não possui travas. A empresa fez um ajuste no equipamento para acionar uma trava interna e atender ao edital. No entanto, como o produto original não possuía travas, existe a necessidade de uma nova licitação para que outras empresas possam entregar armas corretamente fabricadas.

O MPCE diz que é necessário um relatório do Exército norte-americano recomendando que o modelo de armamento não seja utilizado por falhas de segurança. Uma Ação Civil Pública com pedido de limitar foi ajuízada no dia 10 de abril deste ano. O documento requeria a desclassificação ou a inabilitação da empresa ganhadora da licitação para a compra das armas, em razão da ausência de documentos obrigatórios, que comprovam a utilização de 3.000 armas (pistolas) em forças policiais ou militares e ausência de informações sobre falhas no funcionamento do tipo de arma ofertada.

A ação aguarda apreciação pela 13ª Vara da Fazenda Pública e as armas já foram compradas e entregues à Polícia. O MPCE realizou o acréscimo no pedido de liminar, em virtude da urgência e da gravidade do fato. A promotoria realizou quatro petições cobrando posicionamento da Justiça.

De acordo com o promotor, o Estado parece não se importar com esse problema. A 26ª Promotoria de Justiça expediu uma recomendação, no dia 15 de março, ao procurador-geral do Estado e integrante da Comissão Central de Concorrências do Estado do Ceará, Juvêncio Vasconcelos Viana, e ao secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Santos Costa, com o intuito de que houvesse a suspensão imediata do certame licitatório.



Sobre o armamento



Segundo o advogado Antenor Júnior, que faz a defesa dos atiradores esportivos e que participou do conselho licitatório representando uma das empresas que concorriam, as armas não são compátiveis com os aspectos técnicos para a licitação, e não possuem as travas necessárias.

"Em testes realizados, foram encontrados vários problemas de disparos, e para resolver o problema do disparo acidental (que quando caía a cerca de 1m e 20cm a arma disparava), a empresa fez uma alteração de gatilho para quando a arma bater no chão ela ficar inerte. E existe um processo de indenização que a empresa foi condenada", relatou.

No processo de indenização, conforme Antenor, não deveria haver problemas nas armas ou modificação no sistema de segurança. "Se você tem um projeto X e você muda o sistema de segurança, é considerado um novo projeto. É necessária a maturidade do projeto, que seria de três anos", disse.

Conforme o advogado, não há maturidade, pois houve a troca do sistema de segurança. "Juntaram notas fiscais para comprovar a venda de um determinado número de armas, o que era exigido na licitação. Eles utilizaram as notas fiscais e foram juntadas as cópias autenticadas, o total de armas, mas os preços estavam cobertos, não apareciam. Estranho, pois não pode tirar autenticação com parte do documento encoberto", relata.

SSPDS

Fonte O Povo

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site