sábado, 4 de agosto de 2018

PT nega recurso de Luizianne e apoio a Eunício para o Senado é mantido


Recurso que pede candidatura própria do PT Ceará ao Senado foi negado. A decisão do Diretório Nacional "ratificou" a decisão local da sigla, informou o deputado federal José Guimarães. A petição de Luizianne Lins recebeu 48 votos contra e 35 a favor, nesta sexta-feira, 3.
 A decisão final deve se dar neste sábado, 4, na Convenção Nacional do partido, a qual vai oficializar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Planalto.
No argumento de Luizianne, membro da Executiva Nacional do PT, há alta popularidade do ex-presidente Lula no Ceará e, por isso, a necessidade de palanque com candidato ao Congresso.
Foram também apontados a intenção de manter a vaga da sigla no Senado e motivos contra o apoio a Eunício Oliveira (MDB).
 “Não podemos esquecer que o MDB de Temer, principal articulador do golpe juntamente com Eduardo Cunha, conspirou com o PSDB e executou o plano que derrubou o governo legítimo da nossa presidenta Dilma Rousseff, com voto favorável do senador Eunício Oliveira”, diz trecho do documento.
  Base
A decisão de não lançar nome do partido ao Senado, acaba abrindo caminho para reeleição do presidente do Congresso Nacional. Na base de Camilo Santana (PT), o assunto já é pacificado. O governador contra-argumenta a movimentação de reversão da decisão local em âmbito nacional ao ressaltar a decisão “democrática” local.
 + No último dia 28, o PT Ceará decidiu, por 200 votos a 70, que não terá candidato ao Senado
 “Mais de 75% dos delegados estaduais aprovaram a resolução. Espero que a decisão da maioria democraticamente decidiu seja mantida”, declarou o petista.
 De acordo com a deputada Luizianne, a estratégia recursal tem base em entendimento nacional do partido: manter as vagas já ocupadas pela legenda.
“Nesse recurso a gente vai estar recorrendo à instância do Diretório Nacional se possível ao Encontro Nacional que será no sábado, 4, para rever a decisão e lançar um candidato ao Senado do Partido dos Trabalhadores”, disse a deputada.
 “E nós fazemos isso porque acreditamos que o partido não pode diminuir de tamanho. Nós temos uma vaga já de Senado, ocupada pelo José Pimentel, e acreditamos que essa vaga não pode sair do PT porque a orientação da Executiva do PT é nenhuma vaga a menos, e, além disso, que a gente amplie a possibilidade os espaços do PT na Câmara e no Senado”, acrescentou a ex-prefeita de Fortaleza.
Fonte Povo

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram RSS Feed Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

Metal Serra Construtora

Frigorifico T & B

Odonto Clinica

Dr: Marcelo Leite Fernandes

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Iohara Ótica, Jóias e Relógios

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

As Mais Lidas

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site