segunda-feira, 3 de setembro de 2018

General diz que CGD deve perder autonomia e ser comandada por militar

Durante sabatina com jornalistas do Grupo de Comunicação O POVO, o candidato do PSDB ao Governo do Ceará, General Theophilo, afirmou que a Controladoria Geral de Disciplina, responsável pela fiscalização de órgãos de segurança, deveria ser comandada por um militar. O argumento do candidato é de que seria necessário uma pessoa que conheça a área internamente.
A autonomia da CGD também foi questionada, e o General disse que o órgão deveria ser vinculado à Secr
etaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Desde o governo Cid Gomes (PDT), o órgão é autônomo em realação à SSPDS. O objetivo é evitar pressõe, uma vez que investigados e investigadores estavam antes sob o mesmo comando . O militar da reserva negou que o corporativismo poderia ser um problema se sua proposta for acatada. Ele criticou a preparação de policiais, apontando que o tempo de formação dos agentes de segurança é muito curto. 
Quando lembrado sobre o caso do PM que foi morto por colegas de profissão ao reagir a um assalto e ser confundido com um suspeito, o General opinou que a atitude dos policiais foi errada. “Ninguém chega na abordagem atirando”. A culpada, para o candidato, seria a gestão de Camilo Santana, que, mesmo com gastos com segurança, não conseguiu atenuar a crise.
 
Redação O POVO Online 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site