domingo, 25 de novembro de 2018

Vem aí reajustes e demissões - O desafio de Camilo para reger um novo governo


O mesmo governador, mas um novo governo: esta é a expectativa de secretários e de políticos sobre o segundo mandato de Camilo Santana (PT), reeleito ao comando do Poder Executivo do Ceará. O petista tem o desafio de, prestando atenção às mudanças na estrutura do governo federal, reorganizar a máquina do Estado para enxugar gastos e garantir melhorias no serviço público - ao mesmo tempo em que acomoda todos ou a maior parte dos 24 partidos da base.

Aliados acreditam que haverá cortes

Não será tarefa fácil. Como um maestro que tem o papel de reger todos os músicos para produzir um som único e harmonioso, Camilo tem de observar toda a estrutura atual do governo e perceber onde o trabalho está desafinado: isso significa uma possível extinção de pastas e troca de secretários, além de fusão de funções e outras mudanças.

A tendência é que haja cortes e fusões, seja no primeiro, segundo ou terceiro escalão do governo. Nos bastidores, fala-se até em cortes e fusão de 11 secretarias, mas ainda sem confirmação oficial. Outra possibilidade de mudança é na estrutura interna das pastas, que atualmente contam com um secretário titular, um adjunto e um executivo.

 As medidas, porém, ainda estão sendo guardadas a sete chaves pelo governo. De férias, Camilo ficará alguns dias fora do Estado, longe de pressões da imprensa e dos aliados. Antes, porém, no último dia 17, ele recebeu o resultado de uma série de estudos que encomendou ao titular da pasta de Planejamento e Gestão, Maia Júnior, que apresentou diretrizes para enxugar a máquina e diminuir despesas.

Para traçar as estratégias, foram realizados estudos nas secretarias e até mesmo uma consultoria privada foi contratada, a Elo Group. Velha conhecida de Camilo, a empresa já prestou outros serviços para o Governo do Estado e declara-se como uma consultoria de perfil "empreendedor" e "inovador".

Maia Júnior evita antecipar qualquer informação. "O governador nos pediu uma série de estudos, eles já foram apresentados, e agora estamos aguardando o pronunciamento dele. Acredito que será feito em breve", afirma. Ele admite somente que o objetivo principal é manter as contas equilibradas para enfrentar o cenário imprevisível do novo governo federal, que será comandado por Jair Bolsonaro (PSL).


O governador já admitiu que vai se preparar para o "pior cenário possível". Deputados estaduais aliados, como é o caso do petista Elmano de Freitas, concordam que o momento é de "prudência". "É prudente que a projeção financeira para o próximo mandato seja mais conservadora, porque o Ceará tem uma necessidade de aporte do governo federal para ter um nível razoável de investimento", avalia.

Entre os atuais secretários, o clima é de ansiedade. De forma geral, os titulares das pastas dizem não ter conhecimento sobre as mudanças. Em off, alguns fazem apostas: a fusão das secretarias de Justiça e de Segurança Pública, por exemplo, é um dos principais palpites. Há também quem ache que a pasta de Cidades pode ser extinta, espelhando a medida nacional.

Titular da Secretaria do Meio Ambiente, Artur Bruno diz que nem mesmo os secretários sabem ao certo quais serão as mudanças. "O que sabemos é que está se preparando uma grande reforma administrativa, que vai abrir uma série de ações para diminuir os gastos", afirma. Ele aposta que parte das medidas já devem ser enviadas à Assembleia Legislativa do Ceará ainda este ano.
 Fonte O Povo 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site