segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Papa Francisco diz em livro que padres gays devem abandonar o sacerdócio

O Papa Francisco declarou em entrevista para livro que homens gays não devem ser admitidos pela igreja católica. Segundo ele, seria mais saudável para os padres que se declaram gays largar o sacerdócio em vez de levar uma vida dupla. Declaração, parte de livro que será lançado esta semana, foi revelada pela Reuters.
 
O Pontífice já havia declarado antes que o clero católico deveria melhorar a triagem dos candidatos para a vida religiosa. O comentário onde sugere os que os padres que não conseguem manter seus votos de celibato devem deixar o sacerdócio é um dos mais repercutidos sobre o assunto até o momento.
 
Francisco fez essa afirmação durante uma entrevista ao Padre espanhol Prado, que irá abordar em sua obra os desafios enfrentados por padres e freiras nos dias atuais. O livro tem como título "O poder da vocação". "A questão da homossexualidade é muito séria", afirmou o Papa para a publicação.
 
Em outras declarações, Francisco diz que não há espaço para a homossexualidade nas vidas de padres e freiras e que a igreja deve ser exigente na escolha dos candidatos. "Por essa razão, a Igreja pede que pessoas com essa tendência enraizada não sejam aceitas no ministério (sacerdotal) ou na vida consagrada", explicou. "É melhor que eles deixem o sacerdócio ou a vida consagrada em vez de viver uma vida dupla".
O Povo
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site