terça-feira, 27 de novembro de 2018

Criança veio rever o pai na Penitenciária de Juazeiro e teria sido raptada pela avó

A agricultora Maria de Fátima Almeida Pereira, de 27 anos, residente no Sítio Carás do Umari em Juazeiro do Norte, está denunciando sua ex-sogra a aposentada Francisca Pereira da Silva, de 70 anos, a “Nininha”, que mora na mesma localidade, de ter raptado a sua filha de apenas 6 anos de idade. O fato já chegou ao conhecimento da polícia e um inquérito sobre o caso foi instaurado na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Fátima disse que já tinha ido embora para Juazeiro (BA) por causa de conflitos com a ex-sogra. Há três meses que a mesma foi trabalhar em roças de uva naquele estado quando o seu ex-companheiro Everaldo Pereira da Silva, de 37 anos, descobriu o número do seu telefone. Ele está preso há 6 anos na Penitenciária Industrial e Regional do Cariri (PIRC) em Juazeiro e responde por crimes de homicídio e lesão corporal. Num contato telefônico com a ex-mulher, Everaldo disse que estava com saudades da filha Emilly Vitória Pereira da Silva e pretendia revê-la.
a irmã de Fátima retornou ao Cariri para reaver a menina quando a avó disse que não a entregaria alegando maus tratos e espancamentos à criança por parte da mãe que nega as acusações que lhe foram feitas. Imediatamente, Fátima veio a Juazeiro direto para a delegacia quando comunicou ainda o caso ao Conselho Tutelar. Entretanto, os policiais não encontraram mais a avó em sua residência a qual teria desaparecido com a criança. No retornou à DDM, a genitora fez um BO (Boletim de Ocorrência) comunicando o rapto de sua filha. Desesperada, a mãe permaneceu em Juazeiro buscando o apoio da polícia, conselho tutelar, da justiça e, agora, recorre à imprensa. Ela chora bastante observando que, há dois meses, não tem contato com sua filha e a mesma estaria sem frequentar a escola. De acordo com Fátima, a família de sua ex-sogra sabe o paradeiro das duas, mas, até agora, tem se negado a dar informações, ficando tudo na dependência do poder judiciário. Diz ainda que, por conta da situação, não vê seu filho de 8 anos há dois meses o qual permaneceu na Bahia sob os cuidados de sua irmã. Fátima disponibiliza o seu telefone 9.9446.5908 na busca de informações.
Fonte Miséria
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site