Clique na Imagem e Ouça a Patativa FM 105,9 Ao Vivo

Pages

quarta-feira, 25 de novembro de 2020

TRE-CE acata recurso e Glêdson Bezerra é confirmado prefeito de Juazeiro do Norte OUÇA MATERIA COMPLETA COM JOCELIO LEITE


Maioria do pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) acatou recurso e confirmou, nesta quarta-feira (25), a eleição de Glêdson Bezerra (Podemos). Em decisão monocrática, no último dia 12 de novembro, a juíza  Kamile Moreira Castro entendeu que o postulante não havia comprovado a desincompatibilização do cargo de inspetor da Polícia Civil. 


Share:

Governo do Ceará lança o Projeto São José IV para beneficiar 440 mil cearenses. OUÇA MATÉRIA COMPLETA COM JOCELIO LEITE


O governador Camilo Santana, lançou, agora há pouco, em Fortaleza, durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, o Projeto São José IV, parceria do Governo do Ceará com o Banco Mundial.

 A iniciativa prevê investimento superior a 750 milhões de reais em projetos de segurança hídrica, inclusão produtiva e assistência técnica pelos próximos cinco anos, beneficiando 440 mil cearenses de todo o estado.

O governador Camilo Santana destacou que o Projeto São José IV é uma política de estado de valorização da agricultura familiar que sempre procura valorizar os trabalhadores da Zona Rural, e para esta nova versão apresenta inovação.



Share:

Deputado Fernando Santana PT testa positivo para Covid19.


O Deputado Estadual Fernando Santana (PT.CE.), publicou nota nesta Quarta Feira dia 25 em suas paginas nas redes sociais que contraiu o Coonavirús.

Nota

Minhas irmãs e irmãos, informo que mesmo tentando tomar todos os cuidados necessários, exigidos pelas autoridades sanitárias, testei positivo para Covid-19. Estou bem, apesar do quadro de febre e outros sintomas, sigo cumprindo isolamento em casa e seguindo as orientações médicas. Usem a máscara, mantenham distanciamento uns dos outros, lavem bem as mãos, usem álcool em gel e lembrem-se: a pandemia não acabou.




Share:

SP:seguranças que chicotearam jovem são condenados a 10 anos de prisão, OUÇA A MATÉRIA COMPLEYA COM JOCELIO LEITE.


Dois seguranças da rede de supermercados Ricoy, em São Paulo, filmados torturando um adolescente de 17 anos, negro, dentro da unidade, foram condenados nesta terça-feira a 10 anos e 3 meses de prisão por tortura. 


Rádio Nacional


Share:

ASSARÉ CE. Justiça Eleitoral julga improcedente denuncia de compra de votos contra o Prefeito eleito Libório Leite. VEJA


A ação de investigação Judicial Eleitoral (AIJE) movida pela coligação, PELA VONTADE DO POVO, UNIDOS DE NOVO (PSD/CIDADANIA) contra o candidato a Prefeito Eleito José Libório Leite (PDT) e sua Vice Maria Valdeniza da Costa Dias, afirmando que durante a campanha eleitoral os denunciados teriam feito doação de telhas em prol de um eleitor de Assaré (Sítio São José, ao Sr. Francisco Felipe, conhecido por.” Chico da Granja” foi julgada IMPROCEDENTE, em decisão do Juiz Eleitoral da (18°) Zona Dr. Djalma Sobreira Dantas.


VEJA O DESPACHO ABAIXO

Justiça Eleitoral PJe - Processo Judicial Eletrônico Partes Procurador/Terceiro vinculado COLIGAÇÃO PELA VONTADE DO POVO, UNIDOS DE NOVO - PSD/CIDADANIA (REQUERENTE) MARCELO MELO CARVALHO (ADVOGADO) JOSE LIBORIO LEITE NETO (REU) MARCOS ANTONIO SAMPAIO DE SOUSA (ADVOGADO) FELIPE CARTAXO ESMERALDO (ADVOGADO) MARIA VALDENIZA DA COSTA DIAS (REU) MARCOS ANTONIO SAMPAIO DE SOUSA (ADVOGADO) FRANCISCO GONCALVES DIAS (ADVOGADO) FELIPE CARTAXO ESMERALDO (ADVOGADO) PROMOTOR ELEITORAL DO ESTADO DO CEARÁ (FISCAL DA LEI) Documentos Id. Data da Assinatura Documento Tipo 41924 532 24/11/2020 16:55 Sentença Sentença JUSTIÇA ELEITORAL 018ª ZONA ELEITORAL DE ASSARÉ CE AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL (11527) Nº 0600306-88.2020.6.06.0018 / 018ª ZONA ELEITORAL DE ASSARÉ CE REQUERENTE: COLIGAÇÃO PELA VONTADE DO POVO, UNIDOS DE NOVO - PSD/CIDADANIA Advogado do(a) REQUERENTE: MARCELO MELO CARVALHO - CE19896 REU: JOSE LIBORIO LEITE NETO, MARIA VALDENIZA DA COSTA DIAS Advogado do(a) REU: FELIPE CARTAXO ESMERALDO - CE23813 Advogados do(a) REU: FRANCISCO GONCALVES DIAS - CE10416, FELIPE CARTAXO ESMERALDO - CE23813 SENTENÇA I – RELATÓRIO Trata-se de Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE por suposta conduta vedada movida pela COLIGAÇÃO PELA VONTADE DO POVO, UNIDOS DE NOVO (PSD/CIDADANIA) em face de JOSÉ LIBÓRIO LEITE NETO e MARIA VALDENIZA DA COSTA DIAS, afirmando, em síntese, que durante a campanha eleitoral os promovidos teriam feito doação de telhas em prol de um eleitor de Assaré (ID. 19773352). Adianta a promovente que no período das Eleições municipais de 2020 os promovidos teriam adquirido telhas, as quais teriam sido entregues no Sítio São José, ao Sr. Francisco Felipe, conhecido por."Chico da Granja". Sustenta, ainda, que o favorecido teria gravado um vídeo e divulgado em redes sociais, principalmente Whatsapp, fazendo a letra L com a mão, em menção à então pretensa candidatura do Sr. José Libório Leite Neto. Ao final, requer a cassação dos registros dos promovidos, assim como a declaração de inelegibilidade dos mesmos, com aplicação de multa por conduta vedada. Notificados, os requeridos apresentaram defesa (ID. 24644494), onde alegam serem inverídicas as afirmações expostas na exordial pela autora, negando, principalmente, a autoria, assim como a inexistência de provas e ausência de abuso de poder ou conduta vedada no caso concreto. Acrescentam, ainda, que fizeram procedimento junto à Polícia Federal para noticiar a gravação feita pelo Sr. Francisco Felipe, de Assaré. Audiência instrutória realizada, oportunidade em que foram oitivadas as testemunhas arroladas pelas partes. Razões finais da parte autora (ID.38713309) e dos promovidos (ID.39709718) acostadas aos presentes fólios. Parecer de mérito do Ministério Público Eleitoral (ID.39294633), pugnando pela improcedência da presente ação. É o breve relatório. Decido. II – FUNDAMENTAÇÃO A ação de investigação judicial eleitoral tem por objetivo impedir e apurar a prática de atos que possam afetar a igualdade dos candidatos em uma eleição nos casos de Num. 41924532 - Pág. 1 abuso do poder econômico, abuso do poder político ou de autoridade e utilização indevida dos meios de comunicação social, penalizando com a declaração de inelegibilidade quantos hajam contribuído para a prática do ato. A presente ação tem por causa de pedir a prática de conduta vedada, consistente na suposta doação de telhas (material de construção) para, em tese, obter adesão política de eleitor residente no Sítio São José, em Assaré, como informou a parte autora na peça vestibular. Pois bem. Quanto ao reconhecimento da extemporaneidade da conduta enquanto pressuposto necessário à instauração da relação processual e como fator a justificar o julgamento antecipado da ação, entendo não proceder, pois a ação apontada nos autos tem relação direita com o pleito municipal do corrente ano, onde os promovidos terminaram eleitos prefeito e vice, respectivamente. Igualmente não praticou a autora litigância de má-fé, pois agiu dentre dos ditames previstos na Legislação Eleitoral. A Ação de Investigação Judicial Eleitoral - AIJE, seja genérica para apuração de abuso de poder político ou econômico, seja específica para apurar captação ilícita de sufrágio ou condutas vedadas, revela-se como verdadeira ação jurisdicional e, assim, requer a observância de todas as condições da ação e todos os pressupostos processuais. Além disso, o ônus da prova também deve ser observado, ou seja, incumbe à parte autora indicar corretamente o pólo passivo da demanda e apresentar provas quanto ao que alega, cabendo ao réu apontar elementos quanto à existência de fato impeditivo, modificativo ou extintivo do direito do autor (art. 373 do NCPC). Com efeito, conforme conferido pela Lei de Inelegibilidades, impõem-se às partes o poder de delimitar os fatos que serão objeto de apuração, de provar aquilo que afirmam ao iniciarem a ação, enfim, de deduzirem uma relação jurídica em juízo e formularem pedidos de aplicação do direto objetivo, ficando a Justiça Eleitoral na verdadeira posição de imparcialidade, na função que originariamente lhe cabe, qual seja, a jurisdicional. Aqueles que a manejam, portanto, exercitam o direito de ação, o que é lídimo no contexto eleitoral e constitucional. Ao analisar as provas não encontro sustentação do alegado pela requerente, notadamente no que diz respeito à participação dos promovidos, nada comprovando a mídia acostada aos autos, pois ali não figuram os promovidos. Não há nos áudios apontados como prova qualquer diálogo com os promovidos, sequer menção aos nomes dos mesmos, ou outro elemento que indique que tivessem conhecimento daquela situação. O depoente/promovido José Libório Leite Neto negou de forma veemente a acusação de doação de material de construção, afirmando que, ao tomar conhecimento do vídeo, dirigiu-se à Polícia Federal para registrar tal fato, a fim de se resguardar de eventual repercussão eleitoral. As testemunhas arroladas pela autora indicam a participação do Sr. José Libório Leite Neto no fato em apuração, no entanto divergem em fatos importantes como data de entrega e efetiva relação entre o beneficiado e os promovidos, fragilizando a prova e impedindo este Juízo Eleitoral de aferir o abuso indicado na peça vestibular. As testemunhas arroladas pelos promovidos negaram os fatos, afirmando tratar-se o vídeo de uma brincadeira entre amigos, sem qualquer relação com os promovidos então candidatos. A pessoa indicada como beneficiária do material de construção também negou qualquer relação com os promovidos, indicando onde comprou, o que foi confirmado pelo comerciante responsável pela emissão da nota fiscal anexada aos autos. A Ação de Investigação Judicial Eleitoral exige prova robusta das alegações expostas, senão vejamos: AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. ELEIÇÃO 2014. ART. 22, LC Nº 64/90 C/C ART. 41-A, LEI Nº 9.504/1997). CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO. PROMESSA DE Num. 41924532 - Pág. 2 VANTAGENS FINANCEIRAS E ENTREGA DE CAMISAS A ELEITORES. GRAVAÇÃO EM VÍDEO. PARTICIPAÇÃO OU ANUÊNCIA DOS CANDIDATOS NÃO COMPROVADA. GRAVIDADE DA CONDUTA APTA A MACULAR A NORMALIDADE E LEGITIMIDADE DAS ELEIÇÕES. NÃO CARACTERIZADA. ACERVO PROBATÓRIO INSUFICIENTE. IMPROCEDÊNCIA. I - O bem jurídico tutelado pela Ação de Investigação Judicial Eleitoral é a normalidade e legitimidade das eleições, o que vincula essa via processual à existência de fatos cuja gravidade possa macular o pleito, gerando desequilíbrio entre os candidatos. II - A promessa de recompensa financeira e distribuição de camisas em troca de voto não foi ouvida senão por um pequeno grupo de pessoas. A prova dos autos é frágil ao determinar o alcance deletério da promessa de vantagens descrita na inicial. III - Não há nos autos o mínimo indício de que os acusados tenham participado ou chancelado os atos descritos na exordial, afastando a configuração da captação ilícita de sufrágio. Precedentes. IV - As sanções de cassação do mandato e inelegibilidade são medidas extremas que exigem do julgador uma convicção profunda acerca do abuso de poder fundada em suporte fático-probatório robusto e conclusivo, o que não se verifica no presente. V - Ação de Investigação Judicial Eleitoral que se julga improcedente. (TRE-CE - AIJE: 291815 FORTALEZA - CE, Relator: MARIA NAILDE PINHEIRO NOGUEIRA, Data de Julgamento: 02/05/2017, Data de Publicação: DJE - Diário de Justiça Eletrônico, Tomo 81, Data 04/05/2017, Página 08) Pelo conjunto probatório carreado aos autos, este magistrado não ficou convencido de que os promovidos José Libório Leite Neto e Maria Valdeniza da Costa Dias tenham participado dos fatos narrados na exordial e nem mesmo que tais fatos tenham relação com o pleito municipal ou sequer tenham ocorrido na forma relatada, tudo levando a crer tratar-se de uma brincadeira entre amigos que vazou em redes sociais, o que aliás aconteceu muito neste pleito. No caso concreto, o conjunto probatório mostrou-se insuficiente para sustentar as graves alegações formuladas pela promovente em desfavor dos promovidos. Nesse sentido segue a jurisprudência (TRE-CE - 30: 15316 CE): RECURSO ELEITORAL. CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO. PRELIMINAR. REJEIÇÃO. MÉRITO.FRAGILIDADE DO CONJUNTO PROBATÓRIO. PROVIMENTO. REFORMA DA SENTENÇA ATACADA. IMPROCEDÊNCIA DA AIJE. I. Os autos foram instruídos com provas que conduzem com a mera suposiçãode de que tenha havido a captação ilícita de sufrágio, o que não autoriza a procedência da AIJE. Entendimento contrário, culminaria em condenar os recorridos com base em presunção e não em provas cabais. 2. Provimento do recurso de Afonso Cunha Saldanha e Emiliano Raimund da Silva, com a consequente reforma da decisão atacada, para julgar improcedência a AIJE. (TRE-CE - 30: 15316 CE, Relator: TARCÍSIO BRILHANTE DE HOLANDA, Data de Julgamento: 30/06/2010, Data de Publicação: DJE - Diário de Justiça Eletrônico, Tomo 127, Data 16/07/2010, Página 15) Por essas razões, o pedido contido na presente AIJE não merece acolhimento, dada a inexistência de provas substanciais aptas à constatação do ilícito apontado na peça vestibular por aqueles que figuram no pólo passivo da presente demanda. III - DISPOSITIVO Posto isso, acolhendo a respeitável manifestação do probo representante do Ministério Público Eleitoral (ID. 39294633), JULGO IMPROCEDENTES OS PEDIDOS contidos na presente Ação de Investigação Judicial Eleitoral por conduta vedada. Também não há que se falar em fixação de multa em desfavor dos promovidos, tendo em vista o não reconhecimento do ilícito apontado na presente demanda investigatória. Publique-se. Registre-se. Intimem-se. Após o trânsito em julgado, arquive-se. Assaré/CE, 24 de novembro de 2020. Djalma Sobreira Dantas Júnior Juiz Eleitoral da 18ª Zona Eleitoral




Share:

Morre apresentador Fernando Vannucci. OUÇA A MATÉRIA COMPLETA COM JOCELIO LEITE


Faleceu nesta terça-feira, 24, aos 69 anos, o jornalista Fernando Vannucci. O locutor, apresentador e comentarista esportivo estava internado no Pronto Socorro Central de Barueri, na Grande São Paulo.

OUÇA A MATERIA COM JOCELIO LEITE


Share:

Governo do Ceará lança Projeto São José IV nesta quarta-feira (25/11) OUÇA MARÉRIA COMPLETA COM JOCELIO LEITE


O Governo do Ceará lança nesta quarta-feira (25), em transmissão nas redes sociais, o Projeto São José IV e apresenta o balanço da principal ação voltada para a agricultura familiar.

A iniciativa prevê um investimento de cerca de 150 milhões de dólares em segurança hídrica, inclusão produtiva e assistência técnica pelos próximos cinco anos, beneficiando milhares de cearenses de todo o estado.

O secretário do Desenvolvimento Agrário, Francisco de Assis Diniz, fala sobre a importância do Projeto São José para a valorização da agricultura familiar e gerando renda para quem trabalha na zona rural.


Share:

No Dia Mundial da Não Violência contra a Mulher, Governo do Ceará promove debate virtual sobre o tema. OUÇA A MATÉRIA COMPLETA COM JOCELIO LEITE


O Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), realiza nesta quarta-feira (25), por meio da Casa da Mulher Brasileira, um debate ao vivo com a jornalista e autora de livros feministas, Heloísa Buarque de Holanda; e a doutora em Saúde Pública e ex-presidenta da União Brasileira de Mulheres, Katia Souto.

Programada para o Dia Mundial da Não Violência contra a Mulher, a ação vai ter a presença da titular da SPS, Socorro França; e da coordenadora da Casa da Mulher Brasileira, Daciane Barreto. A transmissão inicia às 14 horas, no canal da SPS no YouTube (youtube.com/spsceará

A iniciativa faz parte da programação de 21 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher.

A coordenadora da Casa da Mulher, Daciane Barreto, explica a importância da comemoração nesta data.



Share:

Hospital Regional do Cariri é eleito um dos melhores hospitais do Brasil pela terceira vez consecutiva. OUÇA MATÉRIA COMPLETA COM JOCELIO LEITE


O Hospital Regional do Cariri (HRC), da rede estadual de Saúde do Ceará, foi eleito uma das melhores empresas do Brasil para se trabalhar na categoria Saúde.

Vinculado à Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), a unidade foi premiada dentre oitenta instituições da área, num ranking que acontece anualmente, pela consultoria global Great Place To Work (GPTW). A premiação abrangeu hospitais, clínicas, farmacêuticas e planos de saúde.

A diretora-geral HRC, Demostênia Rodrigues, falou do orgulho e ao mesmo tempo do peso da responsabilidade de receber a premiação.



Share:

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Notícias em Aúdio

Linck 2 para a Sua Emissora

Gonverno do Estado

Clique acima e confira ou se preferir clique AQUI

Posto Pague Menos

Dra Jennifer Cabral

Cartório Belisário Melo

Curta Nossa Página no Facebook

As Mais lidas do site

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site