quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Sem novo secretariado, Governo foca em reduzir gastos

O governador Camilo Santana reuniu o primeiro escalão para fazer um balanço dos últimos quatro anos e anunciou meta ousada de redução de despesa e crescimento de receitas no próximo mandato. Impasse sobre novos nomes continua

Governador Camilo Santana tem como meta para o primeiro ano de seu segundo mandato economizar até R$ 1 bilhão de despesas e aumentar a receita em até R$ 1 bilhão. A previsão do governo foi divulgada ontem pelo secretário chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista.

Ontem, Camilo promoveu a última reunião do seu primeiro Governo com o secretariado e fez um balanço positivo da gestão. A expectativa maior, que era a do anúncio dos novos nomes do primeiro escalão do Governo, acabou frustrada. Ainda há pendências na lista, o que impede a divulgação, segundo auxiliares do chefe do Executivo.

Enquanto ajusta os últimos detalhes do arranjo para contemplar técnicos e aliados políticos, o governador segue a estratégia de dar destaque para a política de redução de gastos que pretende implantar no novo governo.
"Recentemente, o governador apresentou um programa amplo de ajuste fiscal para receita e despesa. A meta para o próximo ano é economizar R$ 1 bilhão de despesas e aumentar a receita em R$ 1 bilhão. Essa é a meta do governador e a nova equipe vai trabalhar com essa meta", explicou Élcio Batista, em entrevista coletiva, representando o governador. Camilo Santana não falou com a imprensa.

O chefe do Executivo, recentemente, sancionou Lei aprovada pela Assembleia Legislativa, reduzindo de 27 para 21 o número de secretarias da gestão. No entanto, Batista ressaltou como relevante o fato de a administração ter cortado quase mil cargos comissionados, destacando ainda que o Governo pretende reduzir o tamanho da máquina e focar nas 'atividades-fim'.

"O governador tomou uma decisão ousada ao reduzir o número de secretarias. E mesmo as 'atividades-meio' serão mais eficazes e serão entregues melhores resultados para a população. Então, encerrado esse ciclo, vai ter mudança. Muitas pessoas colaboraram. Agora, é hora de outras colaborarem", sinaliza.

Balanço

Ainda de acordo com ele, até amanhã, o governador deve fechar todo o balanço dos últimos quatro anos do seu primeiro mandato. Segundo informou, o Ceará deve bater recorde de investimentos, figurando entre os três estados que mais investiram neste ano. O Produto Interno Bruto (PIB) do Estado tende a ser maior que a média da região Nordeste, bem como acima do anunciado para o Brasil.

O secretário chefe da Casa Civil, Nelson Martins, por sua vez, afirmou que apesar da crise, o balanço da gestão é positivo. "A maior prova disso foram as eleições. O governador obteve quase 80% dos votos do eleitorado cearense. Mesmo na área de Segurança, quando se fazia qualquer pesquisa, as pessoas reconheciam o esforço sobre-humano que foi feito para melhorar essa área", disse.

Sobre o anúncio do secretariado que acompanhará Camilo Santana no novo mandato, a partir do dia 1° de janeiro de 2019, Nelson Martins destacou que ainda há detalhes que precisam ser fechados. "Ele não conversou com os secretários, só vai fechar quando tiver os nomes", disse. "Confesso que ele ainda não anunciou. Ainda não sei se vou permanecer".
Já Élcio Batista afirmou que até o dia 1º de janeiro o governador deve definir a nova equipe. "Há expectativa que ocorra até o dia 28, mas dia 1º deve ser a data mais provável", afirmou. Questionado se o anúncio seria feito de uma só vez, em sequência, o chefe do Gabinete disse que toda a equipe deve ser anunciada, com uma ou outra exceção.

Planejamento

Ainda durante a atual gestão, o governador criou a Companhia de Participação de Ativos do Ceará, a Cearapar, que tem como objetivo gerir os ativos do Estado nos próximos anos. De acordo com Élcio Batista, nos dois anos que vem, o Governo vai definir, junto com a nova equipe da área de Planejamento e Fazenda, as estratégias para concessões dos ativos que serão vendidos.

Ele destacou ainda a realização de Parceria Público-Privada para administração dos imóveis. Na reunião realizada ontem, o governador fez prestação de contas de cada uma das pastas de seu atual secretariado e agradeceu a todos pela colaboração.

"O governador é um grande líder. Ele liderou isso com muito diálogo e quem ganhou foi a população. A mensagem do governador é de esperança, de diálogo e avanço baseados no entendimento entre governador e sociedade", disse o chefe de gabinete.

 Já o chefe da Casa Civil, Nelson Martins, agradeceu o empenho dos deputados na aprovação de matérias oriundas do Governo. Segundo ele, foram 492 mensagens passaram pela Assembleia, além de R$ 278 milhões em emendas ao orçamento do Estado. "Essa relação boa fez com que o governador tivesse condição favorável para reeleição".

Disposição

Ainda que os nomes do novo secretariado não tenham sido divulgados, alguns assessores do governador demonstraram, publicamente, interesse em permanecer no comando de suas pastas. É o caso do secretário de Segurança Pública e Defesa Social, André Costa.

Em entrevista coletiva, ele disse estar à disposição do governador para continuar à frente dos trabalhos. "Tenho disposição para continuar. Cheguei no início do ano passado. Momento bem complicado em nível nacional. Tivemos 2017 como ano de maior número de homicídios no País. Mas a gente conseguiu reagir a essa onda", afirmou o secretário de Estado.

Fonte: Diário do nodeste
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram RSS Feed Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Frigorifico T & B

Dr: Marcelo Leite Fernandes

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

As Mais Lidas

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site