quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Administradora de grupo anti-Bolsonaro é agredida a coronhadas e soco por homens

Uma das administradoras do movimento #MulheresContraBolsonaro foi agredida a coronhadas e soco por três homens na noite dessa segunda-feira, 24, no Rio de Janeiro. Maria Tuca Santiago, que é liada ao Psol e coordenadora de campanha de candidato psolista a deputado no estado, foi atendida ainda na noite desta segunda, 24, em hospital na Ilha do Governador. A Polícia investiga a motivação do crime. O diretório nacional do Psol divulgou nota de repúdio ao ataque sofrido por Maria - que não teve o sobrenome divulgado por motivo de segurança. Segundo fontes do partido no Rio de Janeiro, os três homens que agrediram Maria estavam armados com revólver num táxi. A vítima ainda teve o celular roubado. "A Executiva Nacional do PSOL repudia essa agressão covarde e exige das autoridades apuração e punição imediata contra os autores desse ato. Nos colocamos ao lado dos que defendem uma eleição livre de agressões e violência. Temos certeza de que as mulheres não se intimidarão com mais agressão e farão do dia 29 um marco histórico contra o machismo e a intolerância", diz a nota do partido. 
Fonte: O Povo 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site