Clique na Imagem e Ouça a Patativa FM 105,9 Ao Vivo

Pages

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Vou lutar pelo Ceará, diz Camilo sobre diálogo com Bolsonaro

Integrante de partido alvo de ataques do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e governador de um Estado que deu o quarto maior percentual de votos a Fernando Haddad (PT) na corrida ao Planalto, Camilo Santana (PT) afirmou ontem que vai buscar diálogo com a nova gestão do Executivo Nacional. "Vou procurar dialogar, contribuir. A eleição terminou. É importante agora pensar no Brasil, pensar no Ceará, e estarei sempre na luta em defesa do meu Estado, em defesa do povo do Ceará. Disso eu não abro mão de forma alguma", garantiu o governador.
 "Acredito que nós vivemos em uma federação, e que a relação institucional possa existir entre a Presidência da República e os estados brasileiros", afirmou Camilo, antes de se reunir com o secretariado, na manhã de ontem.
  Camilo citou a possibilidade de uma articulação entre governadores do Nordeste para fazer frente e buscar diálogo com Bolsonaro. A região elegeu quatro governadores petistas e deu maioria de votos a Haddad em todos os estados. A intenção, conforme Camilo, é "dialogar e conversar não só com os governadores do Nordeste, mas com os novos governadores do Brasil".
Segundo ele, muitas das questões que preocupam o Ceará preocupam também todos os governadores. "O meu desejo é que o Brasil possa retomar o seu crescimento, possa ter diálogo, disposição, respeitar a democracia, respeitar a Constituição brasileira, e é isso que todos nós esperamos, já que o novo presidente sinalizou (que tem a mesma intenção) nos seus primeiros pronunciamentos depois de eleito", enfatizou.
 Eleito senador, Cid Gomes (PDT) será um dos possíveis elos de Camilo com o Governo Federal. A respeito da disponibilidade para tal mediação, tanto de Cid quanto de Eduardo Girão (Pros), o outro senador eleito pelo Ceará, o governador afirmou apenas que vai esperar que tomem posse, para dialogar.
 Após bate-boca de Cid Gomes com militância petista, em evento pró-Haddad organizado por Camilo, e depois do não-engajamento do candidato à Presidência derrotado, Ciro Gomes (PDT), na campanha petista, Camilo garantiu que a relação com os Ferreira Gomes se mantém "perfeita, maravilhosa".
 Ele comunicou também que viajará hoje à Brasília, tendo como um dos objetivos se reunir com a bancada de deputados federais cearenses para discutir o orçamento do Ceará para o ano que vem.
 Uma semana antes de vencer a eleição, em 21 de outubro, Bolsonaro chegou a declarar que ia "banir os vermelhos" do País, durante discurso para a militância na avenida Paulista. No dia seguinte, o pesselista amenizou o tom. Em entrevista à TV Record, afirmou que a oposição é útil e especificou que os ataques eram direcionados à cúpula do PT e a entidades como o Movimento Sem Terra (MST) e o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).
 Na mesma entrevista, Bolsonaro fez um aceno aos governadores eleitos por partidos de oposição: "Eu digo que tem Estados que temos governadores do PT ou do PCdoB e nós não faremos política diferente contra aquele estado por causa desses governadores. Vamos atender a população como um todo".
Fonte O Povo
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Gonverno do Estado

Clique acima e confira ou se preferir clique AQUI

Tv Patativa do Assaré

Mob Telecom

Mob Telecom O dom de conectar: 0800-020-9000

Curta Nossa Página no Facebook

Distribuidora Roque

Nova Assaré Loteamento

Farmácia Menor Preço

Ledi Festas

Vivo em qualquer lugar use vivo

Inove Eventos

Produtos Nativus

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site