sábado, 19 de janeiro de 2019

Enem 2018: 4 cearenses conseguem nota 1000 na prova de Redação

Elas comentam sobre as horas de estudo, leitura e atualização de notícias sobre o mundo como preparação para o vestibular

No início de todo ano, uma única preocupação preenche a cabeça de pré-universitários no País todo: conseguir uma vaga no Ensino Superior através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). E tirar nota 1000 na Redação pode ser um passo fundamental para alcançar esse sonho.
Em 2019, 55 participantes conseguiram a nota máxima na redação do Enem. É o caso das cearenses Marília Oliveira, Laís Mesquita, Melissa Saboya e Lívia Taumaturgo. As quatro moradoras da Capital compartilham a surpresa e a felicidade do resultado, e agora, a ansiedade pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
Marília, 19, é a única das quatro que não pensa em cursar Medicina, mas também escolheu outra graduação tradicional e bastante concorrida: Direito. Ela também se diferencia pois, pela segunda vez consecutiva, alcançou a pontuação máxima na redação do Enem.
Em 2017, a estudante ficou com a média final em torno de 720 pontos e, apesar da nota máxima na redação, não conseguiu a vaga. A nota de corte para direito (diurno) foi de 731 em 2017.
“Se três pessoas tivessem desistido na época, eu teria conseguido ingressar”, lembrou. No Enem deste ano, ela conquistou 750,02 pontos e acredita que ficou muito próximo de alcançar o sonho.
Preparação
Laís,  pretende estudar Medicina na Universidade Federal do Ceará (UFC). “Foi um ano muito puxado, estudando às vezes mais de 12 horas em aula e mais em casa. Além de abdicar de diversas saídas para estudar”, destacou. As dicas da professora de redação, para Laís, foram essenciais para o resultado.
Lívia revela todo o esforço para alcançar um resultado positivo. “Eu estudava cinco horas por semana só sobre redação. Fazia duas redações semanais no laboratório do colégio. Prestava bastante atenção na correção e fazia os ajustes que eram apontados”, revela a estudante.
Tema
Apesar da nota máxima, Melissa não tem medo de admitir: “eu não gosto de escrever”.
“Prefiro Ciências da Natureza. É o que eu realmente gosto de estudar, mas a gente tem que aceitar, apesar de não gostar, para passar no vestibular. Tem que estudar todas igualmente, principalmente as que você não gosta”, complementa a adolescente.
Contudo, Melissa não deixou de se preparar para a parte escrita da prova. “Eu me preparei para todos os temas possíveis. Eu sabia que o Enem não ia trazer um tema óbvio. Eu tentei criar um esqueleto para a redação. Aí quando eu peguei aquele tema, parecia muito com uma redação que eu tinha feito uma semana antes”, comenta.
Em 2018, a redação do Enem teve como tema “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet
“Confesso que não estava esperando, fiquei muito surpresa”, revela Lívia com relação ao assunto principal da redação. “Como foi considerado um tema específico e complexo, eu não achei que conseguiria alcançar a nota máxima. Fiquei muito feliz quando vi o resultado”, complementa.
Laís admite que não tinha muito conhecimento sobre o tema de 2018. A ansiedade, segundo ela, era um dos empecilhos nas horas de estudo. “Queria dizer a todo mundo que não desistam e se empenhem, a vitória vem se você se esforçar”, completa a estudante.
Não desistir
Apesar das diferenças, Marília não é a única que tenta novamente a vaga na UFC. Com apenas 18 anos, Lívia é quase uma “veterana” quando se trata de Enem. Ela fez o exame pela primeira vez em 2015, como teste, quando estava no 1º ano do Ensino Médio e tirou 680 na primeira redação. “Quando eu vi que tinha tirado essa nota, eu procurei me aperfeiçoar, e fui crescendo a cada ano”. No Enem 2017, tirou 960 na área.
A estudante se inspira na própria tia — e recebe o apoio dos pais — para realizar o sonho de infância: ser médica. “Não consigo me ver fazendo outra coisa. É um sonho que tenho desde pequena”, completa Lívia.
Melissa Saboya, 17, reverbera o otimismo de seguir tentando alcançar o objetivo. “Se eu não passar, eu vou tentar de novo no Enem 2019. Não vou desistir”, complementa. Assim como Lívia, ela quer cursar Medicina na UFC. Em 2018, a nota de corte para o bacharelado em Medicina na UFC foi 785.62.
Conteúdo complementar
Apesar de toda o estudo e preparação, acertar em cheio o tema da Redação do Enem é quase impossível. Por isso, Lívia usou como base o conteúdo acumulado quando escreveu sobre assuntos parecidos.
“Eu não tinha feito nenhuma redação específica sobre aquele assunto. Mas na hora eu tentei manter a calma, e desenvolver o texto com o conhecimento que eu tinha acumulado nos últimos anos. Eu tinha feito redações sobre ‘fake news’ e ‘consumismo’. Acabei pegando um pouco das duas e encaixando nessa redação”, complementa.
Além dos livros, a estudante complementava o conhecimento com outras fontes. “Eu pesquisava sobre o tema antes de escrever o texto. Anotava tudo que achava interessante, como notícias, leis, citações e relações históricas. Procurei ficar mais antenada em jornais e sites de notícias, tentando ajudar informações que me ajudassem”, completa.
Marília também usou conteúdos complementares e baseou a redação em textos de pensadores como o filósofo Michel Foucault e Sigmund Freud. “Aproveitei os textos motivadores e todas as dicas que recebi dos professores ao longo do ano. Agora fica a expectativa de passar na faculdade”, comemorou.
Em 2019, O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) corrigiu 4.122.423 provas de redação na aplicação regular do Exame.
Fonte: Iguatu.net
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

Sessão Mesa Posta


Dia das Mães é na Distribuidora Roque. Lá você tem vários motivos para presentear a melhor mãe de todas.

Confira as ofertas:

*Conjunto de xícaras Expresso 12 peças R$19,99

*Conjunto de Jarra com copos 5 peças R$23,99

*Prato de vidro para Bolo R$19,99

*Porta retrato com o nome mãe R$14,99

*Boleira redonda MB R$6,99

E muito mais!!!

A seleção dos melhores presentes para o dia das mães você encontra na Distribuidora Roque.

E para você não deixar de comprar o presente da sua mãe, atenderemos em horário especial no mês de maio. Sábados até as 16h.

Encosta da Serra

Arena I9 Assaré-CE

Inove Eventos

Produtos Nativus

Distribuidora Roque

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Madral Madeira e Material de Construções

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site