quarta-feira, 6 de março de 2019

Morre no HRC vigilante que atirou na boca após matar a ex-mulher em Crato

Exatamente cinco dias após matar sua ex-companheira em Crato e atirar na sua própria boca, o vigilante Paulo Roberto Carlos Ramalho, de 34 anos, morreu num dos leitos do Hospital Regional do Cariri em Juazeiro. Ele morava na Rua São Francisco (Bairro Pinto Madeira) em Crato e o óbito se deu por volta das 18 horas ou o mesmo horário em que matou sua ex-mulher na última quinta-feira, dia 28 de fevereiro. A jovem Geane Tavares de Sousa, de 29 anos, residia na Rua Sagrada Família no centro de Crato, e foi baleada nas costas e na cabeça quando passava na Rua Dom Pedro II ao lado da prefeitura. Ela morreu no local momentos após sair da Farmácia Vasconcelos onde estagiava das 14 às 18 horas enquanto fazia o curso técnico em farmácia. Ele tentava reatar o relacionamento contra a vontade da jovem.
Fonte Miséria

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

VMC CAR

Max Gel

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Metal Serra Construtora

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Casa dos Aposentados

Madral Madeira e Material de Construções

Laboratório Oswaldo Cruz

Dr. Wagner Maia Crm-Ce

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site