Clique na Imagem e Ouça a Patativa FM 105,9 Ao Vivo

Pages

sábado, 11 de maio de 2019

Fortaleza registra maior inflação do País após reajustes

Fortaleza registrou a maior variação na inflação em abril, ante o mês anterior, dentre todas as capitais do País. O principal responsável pela elevação da taxa foi o reajuste de 15,86% nas contas de água e esgoto determinado pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) a partir de 24 de março.
A Cidade também ficou bem acima da média nacional, conforme o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).
A taxa brasileira no mês passado foi de 0,57%, permanecendo abaixo da apresentada em março (0,75%). Já o acumulado do ano foi 2,09%. Na contramão dos números nacionais, a Capital cearense exibiu índices mais altos. No mês passado, a variação foi de 0,91%, também a maior registrada no País.
Ao observar o acumulado do ano, Fortaleza permaneceu como a segunda capital com maior alta (2,82%), atrás apenas de Aracaju (2,87). O IBGE apresentou ainda a variação acumulada nos últimos 12 meses. A média nacional foi 4,94%, enquanto que em Fortaleza permaneceu em 4,91%. A cidade de maior índice foi Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, com 5,63%.
O resultado do IPCA de abril sofreu forte influência dos grupos de alimentação e bebidas (0,63%), transportes (0,94%) e saúde e cuidados pessoais (1,51%). Os três grupos responderam por 89,5% do índice do mês. Único que representou deflação foi o de artigos de residência, com -0,24%.
Na pesquisa, percebe-se que a gasolina e os remédios foram os vilões da inflação de abril. Houve destaque também para "remédios" (2,25%), refletindo o reajuste anual, em vigor desde 31 de março, com teto de 4,33%, segundo o IBGE.
Segundo Fernando Gonçalves, da Gerência de Sistema Nacional de Índices de Preços (SNIPC) do IBGE, os remédios tiveram o terceiro maior impacto individual no IPCA de abril. Na alimentação, pesaram o tomate (28,64%), segundo maior impacto individual no IPCA de abril, o frango inteiro (3,32%), a cebola (8,62%) e as carnes (0,46%). (Wanderson Trindade/Especial para O POVO, com Agência Estado)
Fonte: O povo
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Notícias em Aúdio

Linck 2 para a Sua Emissora

Gonverno do Estado

Clique acima e confira ou se preferir clique AQUI

Posto Pague Menos

Dra Jennifer Cabral

Cartório Belisário Melo

Curta Nossa Página no Facebook

As Mais lidas do site

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site