Clique na Imagem e Ouça a Patativa FM 105,9 Ao Vivo

Pages

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Oposição de Tarrafas cobra um posicionamento da Justiça.

O grupo de oposição em Tarrafas cobra um posicionamento da Justiça sobre a Ação Civil Pública movida pela promotora Vandisa Maria Frota Azevedo, em que é pedido o afastamento definitivo do prefeito Taiano.

Na ação, impetrada em dezembro de 2018, a promotora pede ainda o afastamento do pai do prefeito, conhecido como Terto, e da madrasta Arlete Lima, ambos e ex chefes de gabinete; do tio, Ananias Alcântara (secretário de obras); dos primos D’angello Alcântara (ex secretário de finanças) e Joana Alice Alcântara (Tesoureira); todos por atos de improbidade administrativa.

Segundo o Ministério Público, prefeito e familiares desviaram R$ 560 mil dos cofres públicos. Segundo investigações, as fraudes aconteciam por meio de notas de empenho, liquidações e autorização para pagamentos por serviços fictícios. Na direção das empresas recebedoras, foi identificado o uso de “laranjas”; geralmente, pessoas simples e sem instrução.

O grupo criminoso se apropriou de documentos pessoais dos laranjas e tinham o controle sobre cartões, senhas e talões de cheques. As contas foram abertas no Banco Bradesco, sem que as pessoas usadas soubessem. Pelo menos, 15 pessoas foram ouvidas na investigação, onde a maioria confirmou a existência do esquema de corrupção.

A ação do MPCE foi encaminhada a juíza Carliete Roque Gonçalves Palácio, Comarca de Assaré, que despachou o processo para a Vara Especializada de Delitos e Organizações Criminosas do Estado do Ceara.
Fonte Madson Vagner




Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Notícias em Aúdio

Linck 2 para a Sua Emissora

Gonverno do Estado

Clique acima e confira ou se preferir clique AQUI

Curta Nossa Página no Facebook

Nova Assaré Loteamento

Total de visualizações do Site