Clique na Imagem e Ouça a Patativa FM 105,9 Ao Vivo

Pages

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Ossada humana pode ser de mais uma vítima de “Serial Killers” de Iguatu


Na tarde desta segunda-feira(18), o Delegado Regional Marcos Sandro realizou uma coletiva de imprensa onde anunciou que está em investigação a possibilidade de uma nova vítima dos ‘seriais killers’, Roberto Alves da Silva e Gleudson Dantas Barros, presos no dia 23 de maio de 2018.

Os dois são acusados de participarem em quatro homicídios que chocaram a todos em Iguatu e no Ceará.
Relembrando o caso, os acusados são suspeitos da morte do jovem Jheyenderson de Oliveira Xavier, cujo corpo foi encontrado em uma cova rasa no sítio Canto, em Suassurana.
Posteriormente, foram descobertos no local outros três corpos, ossadas humanas, bem como a participação nos crimes de um adolescente, Sâmio, que se suicidou em 29 de maio do ano passado na cidade de Irapuan Pinheiro.
As vítimas de Suassurana  foram identificadas como Ana Jaqueline da Silva, Mikael de Souza Melo, Francisco de Assis Rodrigues de Lima, o Vilmar, e Jheyenderson de Oliveira, que foram mortas com único disparo de arma de fogo, na base do crânio, de trás para frente, e do lado esquerdo.
Desta vez, uma ossada humana foi encontrada no dia sete de setembro do ano passado, na zona rural de Iguatu, precisamente nas Barreiras dos Constantinos, todo o material foi recolhido e enviado para Fortaleza, onde após várias análises, um laudo foi apresentado na última sexta-feira,15, e surpreendentemente o que foi detectado pelos legistas chamou a atenção da Polícia Civil de Iguatu.
“ Existe a marca de um tiro na nuca e no lado esquerdo, do mesmo jeito que foram as vítimas da dupla acusada em Suassurana e isto para mim é um forte indício de que poderá ser a quinta vítima destes ‘seriais killers’”, disse o delegado durante a entrevista coletiva.
O laudo também informa a característica da vítima, segundo o representante da Polícia Civil de Iguatu, a ossada encontrada pertence a um homem, de 1,60 de altura, entre 20 e 30 anos.
“ Quem tiver alguém desaparecido, antes da prisão dos acusados e tenha estas características, entrem em contato conosco, o primeiro passo para poder ligar ou não aos acusados será a identificação desta possível vítima deles, pode ser alguém de Iguatu ou da região, de qualquer parte, mas nos procurem”, afirmou.
Fonte: Iguatu.net
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Notícias em Aúdio

Linck 2 para a Sua Emissora

Gonverno do Estado

Clique acima e confira ou se preferir clique AQUI

Posto Pague Menos

Dra Jennifer Cabral

Cartório Belisário Melo

Curta Nossa Página no Facebook

As Mais lidas do site

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site