Clique na Imagem e Ouça a Patativa FM 105,9 Ao Vivo

Pages

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Camilo justifica investimento em tornozeleira eletrônica: "Tem gente que não sabe do que está falando"

O governador Camilo Santana (PT) rebateu as críticas quanto ao investimento em tornozeleiras eletrônicas no Ceará. Segundo ele, o uso do aparelho parte de uma determinação judicial e o Estado investe pensando na segurança da população. "Tem gente que fala besteira e não sabe nem do que está falando. Precisava estudar pra saber o que significa isso", disse Camilo. Ele também afirmou que a tornozeleira passará a ser cobrada aos criminosos condenados ao uso.
As declarações foram dadas em uma transmissão ao vivo nas redes sociais nesta terça-feira, 16. Camilo respondia perguntas da população quando foi confrontado por um dos usuários, que questionou o objetivo do governo em investir R$ 7 milhões em tornozeleiras eletrônicas. Sem contestar os valores apontados pelo cidadão, o governador explicou como funciona a determinação do uso do aparelho
"Quem diz o tipo de pena para o criminoso não é o Estado, é a Justiça. Se ele deve ficar em regime fechado, ele vai para o presídio e fica lá. Se é no regime semi aberto, então ele, por exemplo, dorme no presídio e passa o dia fora, nas ruas. O Estado, para garantir maior segurança para a população, bota uma tornozeleira na canela dele e o monitora", explicou Camilo Santana.
O chefe do executivo estadual enfatizou que a decisão parte da Justiça e não do Estado. Ele rebateu críticas ao uso das tornozeleiras, afirmando que é uma forma de segurança para garantir a tranquilidade da população cearense. "Tem gente que não entende, tem gente que fala besteira e não sabe nem do que está falando. Precisava estudar pra saber o que significa isso. Isso é determinado por lei e o Estado tem feito esse investimento", justificou.
Camilo também citou a iniciativa do secretário da Administração Penitenciária (SAP) que pretende implementar lei para cobrar dos detentos cearenses o uso da tornozeleira. "O Mauro (Albuquerque) criou essa lei quando foi secretário no Rio Grande do Norte. A mesma lei está sendo elaborada (no Ceará) e vai ser aprovada pela Assembleia (Legislativa). Quem puder pagar pela tornozeleira, vai pagar", relatou Camilo.
Segundo ele, o Estado tem um compromisso de proteger "o cidadão e a cidadã de bem" e, ao utilizar a tornozeleira eletrônica, cumpre uma determinação judicial feita em todos os estados da Federação. Ao fim da explicação, Camilo agradeceu ao questionamento: "Foi boa a sua pergunta, há muita polêmica sobre isso".
REDAÇÃO O POVO ONLINE
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Gonverno do Estado

Clique acima e confira ou se preferir clique AQUI

Tv Patativa do Assaré

Mob Telecom

Mob Telecom O dom de conectar: 0800-020-9000

Curta Nossa Página no Facebook

O Barateiro da Cidade

Distribuidora Roque

Nova Assaré Loteamento

Farmácia Menor Preço

Vivo em qualquer lugar use vivo

Inove Eventos

Produtos Nativus

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site