Clique na Imagem e Ouça a Patativa FM 105,9 Ao Vivo

Pages

terça-feira, 13 de outubro de 2020

Preso em Assaré acusado de matar garota de 23 anos a golpes de faca


Policiais militares de Assaré prenderam por volta das 09h30min desta terça-feira um jovem acusado do assassinato de uma mulher a golpes de faca na madrugada de ontem naquele município. Antonio Caetano da Silva, de 23 anos, apelidado por “Miúdo”, foi preso em frente à sua casa na Rua Sagrada Família (Bairro Alto de José Dodô) por uma patrulha do destacamento de Assaré comandada pelo Sargento Viana. Ele é o principal suspeito do assassinato de Antonia Sara da Silva Pereira, de 23 anos.

A garota residia na Rua Murilo Brilhante (Bairro Populares) em Assaré e teve encontrado semidespido sob um galpão no canteiro de obras de um posto de combustível no bairro Coruja na saída para Tarrafas. A conversa inicial de “Míúdo” com os PMs foi confusa e marcada por contradições. Ele foi trazido para prestar depoimento ao delegado plantonista na 19ª Regional de Polícia Civil de Crato.

Segundo familiares, Sara tinha saído de casa na noite de domingo para se encontrar com amigos e não retornou, existindo informações que teria se desligado do grupo por volta de uma hora da madrugada avisando que iria para casa. Ainda de acordo com familiares, ela já tinha sido vítima de um crime de lesão corporal em maio deste ano em Assaré

Com relação ao acusado, este já responde vários procedimentos criminais com muitas passagens pela polícia. Uma de suas primeiras prisões foi no dia 22 de agosto de 2015 quando contava com 18 anos e morava perto do Parque de Vaquejada em Assaré, onde invadiu uma residência em frente à sua casa para tentar um furto, mas caiu sofrendo um corte na cabeça e sendo socorrido ao hospital local. Quando a polícia soube, já tinha recebido alta e terminou preso após desacatar os policiais

Segundo o Site do Tribunal de Justiça, em abril de 2018 ele passou a responder por crime de violência doméstica contra Elza Paula do Nascimento Silva e Tamires do Nascimento Andrade. Já em janeiro do ano passado foi indiciado por crimes de lesões corporais contra várias pessoas em Assaré, cujo procedimento indiciou ainda como acusados Cícero Jean Aguiar Xavier e Paulo José Nobre. MISÉRIA




Share:

Um comentário:

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Notícias em Aúdio

Linck 2 para a Sua Emissora

Gonverno do Estado

Clique acima e confira ou se preferir clique AQUI

Cartório Belisário Melo

Curta Nossa Página no Facebook

As Mais lidas do site

Total de visualizações do Site