sábado, 4 de maio de 2019

Ceará Atleta passa a ser política pública com investimento de cerca de R$ 7 mi por ano

O incentivo à prática de esportes no Ceará ganhou um reforço extra em investimento de aproximadamente R$ 7 milhões quando o governador Camilo Santana sancionou, nesta sexta-feira (3), a lei que torna em política de estado o Programa Ceará Atleta, cujo objetivo é incentivar financeiramente e favorecer o desempenho esportivo dos atletas que estão abaixo da linha da pobreza. A lei já garante que 4 mil pessoas sejam beneficiadas com a bolsa somente este ano. O ato ocorreu na sede da Secretaria de Esporte e Juventude (Sejuv) e contou com a presença do titular da pasta, Rogério Pinheiro, esportistas e representantes de federações.
Camilo Santana explicou o motivo pelo qual o Governo do Ceará resolveu tornar o Ceará Atleta em uma política pública. “Isso obriga o Estado a ter previsão orçamentária anual para que o programa possa funcionar. É uma espécie de garantia que ele (o programa) vai ter continuidade. Considero este programa muito importante, com papel social, de proteção e estímulo, porque esporte é saúde, prevenção de violência, melhoria da qualidade de educação das pessoas. Esse é um tema muito precioso para mim”, destacou o governador.
O projeto de lei complementar que tornou o programa em política pública foi aprovado pela Assembleia Legislativa no último dia 11 de abril. Para o secretário Rogério Pinheiro, a iniciativa vai trazer um importante fomento para os desportistas cearenses daqui para frente. “Trata-se de um programa que vai permitir que os atletas iniciantes e de alto rendimento se dediquem ao esporte e, em contrapartida, colaborar para tirar essa juventude da ociosidade”, pontuou Rogério.
O Ceará Atleta é um programa desenvolvido pelo Governo do Ceará, através da Sejuv. O edital para 2019 teve suas inscrições realizadas até fevereiro último. Agora, o processo está na fase de seleção dos atletas. A lei sancionada prevê três tipos de auxílios financeiros: o bolsa esporte (para pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade social), o bolsa atleta (para atletas e paratletas que já apresentam performance em sua modalidade) e o bolsa monitoramento (para estudantes de graduação de Educação Física e Gestão do Desporto e Lazer).
Os valores de cada nível de desempenho e o período de duração do auxílio serão fixados Governo do Ceará com base em estudos técnicos. A novidade é a ampliação das vagas também para os atletas paraolímpicos, entre 15% e 20% do total.

Reforço importante

A dificuldade em se manter competindo em esportes amadores muitas vezes acaba afastando talentos das competições. Contudo, com o auxílio da bolsa do Ceará Atleta, muitos desportistas vêm conseguindo levar a diante o sonho do esporte e inclusive viajar para competições nacionais e internacionais.
Cláudio Amora é paratleta e desde 2003 está no triathlon. Com 45 anos de idade, desde os dois que ele teve sua mobilidade reduzida após ser acometido por uma poliomelite. Mas foi no esporte que Cláudio encontrou inspiração para superar desafios e se tornar um paratleta profissional. Com a bolsa paga pelo Estado, ele confessou passar a ter condições para representar seu estado até em competições internacionais. “Essa bolsa vem para somar. Já viajei para outros países com a ajuda do Governo do Estado. Já representei nosso Ceará nos Estados Unidos, Inglaterra, Nova Zelândia. Além das viagens, a bolsa ajuda a pagar a inscrição de competições, comprar suplementos e ter uma alimentação adequada. Tudo que entra de dinheiro é válido para ajudar na nossa preparação”, comemora o paratleta.
Outro caso de crescimento com o esporte é do faixa preta de karatê Lucas Ribeiro (23). Praticante o há 10 anos, o atleta começou a atividade por meio de um projeto social desenvolvido no bairro Floresta, em Fortaleza, onde hoje retribui o amparo dando aulas gratuitas no mesmo local, que recebe cerca de 80 crianças e adolescentes da região. Para ele, a sanção da lei é uma segurança a mais para os competidores que usam o recurso para participar de campeonatos. “Qualquer forma de ajuda financeira é muito importante, principalmente para a gente que trabalha com projeto social. Tenho vários alunos que já foram contemplados com o programa e participaram de competições nacionais representando o Ceará. A maioria dos atletas, principalmente de esportes amadores, não tem um apoio financeiro tão grande como esse. Com a lei, acredito que fica mais seguro para o atleta que espera esse benefício do Governo”, ressaltou Lucas.
Assessoria de Comunicação.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Tv Patativa do Assaré

Gonverno do Estado

Clik na imágem acima e confira ou se preferir clik AQUI

Redes Sociais

. Twitter Google Plus Email Twitter Facebook Instagram email Email

Rádio Patativa FM 105,9

Curta Nossa Página no Facebook

Motor Familia

Rua Pe. Emílio Cabral 430 Centro Assaré CE. Telefone 88- 993072328

Juliane Leão

Juliane Leão,

Farmacêutica Esteta e cosmetóloga.

Atendimentos mensais na cidade de Assaré.

Endereço:

Avenida Perimetral, 126. (mesma clínica que Dr. Wagner Atende).

Contato: 88 9 9600 3294

Alconil Natural

Stop Fumo

Tanatopraxia

Vivo Pré

Encosta da Serra

Arena I9 Assaré-CE

Inove Eventos

Produtos Nativus

Distribuidora Roque

Afagu

Ópcas Afagu

Burger KING

Samuel Rulin

Odonto Clinica

Karirí da Sorte Cap

Madral Madeira e Material de Construções

Loja Barateira

Rejuntamix 100% de Qualidade

Seguro Previdência Créditos

Caixa Aqui Data Contábel

LPC NET

Total de visualizações do Site

Arquivos do Site